Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dicas > Acidente no Trabalho no Brasil: confira os dados de 2017

Acidente no Trabalho no Brasil: confira os dados de 2017

Você sabia que, em 2017, foram registrados cerca de 675 mil ocorrências de acidentes? Leia no Falando de Proteção os dados de 2017 e proteja sua equipe

Com a proximidade do Dia Mundial da Segurança do Trabalho, que é celebrado no dia 28 de abril, a discussão sobre os números de acidentes vão se tornando mais frequente, principalmente depois da divulgação dos números do Ministério Público do Trabalho (MPT). Mesmo com as diversas ações de conscientização e com o contínuo interesse de profissionais da segurança por métodos de integração e disseminação dessa cultura nas empresas, o número ainda é alto e assusta. No Brasil, em 2017,  um acidente fatal a cada quatro horas era registrado, o que totalizou cerca de 2.350 mortes por ano. Esse número é composto majoritariamente por motoristas de caminhão, funcionários de linha de produção e faxineiros, conforme o ranking abaixo.

ranking das principais vítimas

Além do impacto na vida das famílias das vítimas, os acidentes de trabalho também significam perdas significativas para a economia brasileira. Por exemplo, até o início de março, foram contabilizadas mais de 675 mil Comunicações de Acidentes (CATs) e, dessas mais de 675 mil,  cerca de R$ 254 bilhões foram destinados ao auxílio desses trabalhadores. Isso resultou em uma perda de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, ou seja, os acidentes de trabalho são graves em diferentes esferas – e é por isso que temos que trabalhar constantemente para a redução desse quadro.

acidente no trabalho

O número, que provavelmente está te impressionando, infelizmente, não é nenhuma novidade, já que esse quadro se mantém estável desde 2016 – sim, são dois anos sem melhorias na diminuição de acidentes de trabalho. É por isso que, semanalmente, nós trazemos conteúdos que fomentam a discussão do assunto nas empresas. Precisamos que a cultura da segurança do trabalho seja cada vez mais forte – e isso depende de nós. Que tal aproveitar essa informação e o começo da semana para turbinar seu DDS? Ou que tal fazer uma avaliação de risco de alguns setores? Quanto mais nos atentarmos, menos riscos de acidentes.

O que você acha que pode fazer hoje, para mudar os números de amanhã? 😉

8.141
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo