Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dicas > Corrente elétrica: como escolher o melhor EPI para esse risco?

Corrente elétrica: como escolher o melhor EPI para esse risco?

Se você tinha dúvidas sobre qual material escolher para proteger seus colaboradores contra risco elétrico, esse post é para você!

Quando falamos sobre acidentes com fogo e arco elétrico, toda atenção é necessária, afinal, não é nenhuma novidade – nem para nós e nem para você – que esse tipo de acidente pode ser fatal. Além da atenção constante, a escolha efetiva por um material que realmente proteja o colaborador é a principal medida preventiva desse tipo de acidente – e é sobre isso o post de hoje.

Ainda que o choque elétrico possa ser classificado por diferentes tipos e intensidades (você pode saber mais sobre isso no nosso eBook! Clique aqui para fazer o download), eles têm algo importante em comum: todos eles são nocivos. Quando falamos sobre segurança no trabalho, o assunto “eletricidade” é um dos mais discutidos, afinal, ele pode desencadear queimaduras, contrações musculares, fibrilações e diversos riscos ao sistema nervoso. Como esse acidente pode ocorrer com o mais ingênuo descuido, uma boa técnica para escolher o melhor EPI é conferir o que a NR 10 contempla como itens obrigatórios para os colaboradores que trabalham diretamente com eletricidade.

Segundo a norma, a empresa precisa oferecer ao colaborador:

  • CAPACETES DE SEGURANÇA
  • ÓCULOS DE SEGURANÇA
  • LUVAS
  • PROTETORES RESPIRATÓRIOS
  • CALÇADOS E SAPATOS DE SEGURANÇA
  • CINTOS DE SEGURANÇA COM TALABARTE
  • BRAÇADEIRAS
  • PROTETORES AURICULARES
  • MANGAS DE SEGURANÇA

Ainda segundo a NR 10, o EPI escolhido deve ser adequado às atividades, observando se elas possuem condutibilidade, influências eletromagnéticas e possibilidades de inflamabilidade. Nessa última, a NR 10 é taxativa, requerendo que o traje escolhido não entre em combustão e não agrave as queimaduras e ferimentos já causados pelo arco elétrico. Por isso, outra dica para acertar na escolha é pesquisar sobre produtos que são tidos como referência. Quando falamos sobre riscos com arco-elétrico, sempre falamos sobre Nomex® – principalmente o Protera®, que é o produto desenvolvido especificamente para proteção de riscos com eletricidade.

Além da proteção inerente, Nomex® é submetido a um dos mais avançados testes de resistência térmica em todo o mundo – o Thermo Man®, um manequim de 1,95m de altura, equipado com 122 sensores de calor e exposto aos mais variados riscos térmicos.

Além disso, Nomex®

…não recebe nenhum tipo de tratamento para ser resistente – sua proteção está no DNA da fibra.

…oferece proteção superior à exigida pelas normas internacionais.

…não derrete, não goteja nem propicia gotejamento nem combustão no ar.

…está há mais de 40 anos no mercado.

Viu só? Agora você já sabe como escolher o melhor equipamento para seu time? 😉

353
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo