Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dicas > Melhorando a Cultura de SST | parte 2

Melhorando a Cultura de SST | parte 2

Confira a parte final das dicas separadas pelo Falando de Proteção para melhorar a cultura de segurança e saúde do trabalho no dia a dia das empresas.

Você conferiu na última quinta-feira as 5 dicas iniciais para melhorar a cultura de segurança e saúde do trabalho nas empresas que o Falando de Proteção separou para você.

Hoje você confere as últimas dicas para eliminar os riscos do dia a dia e manter os seus funcionários envolvidos com a cultura de segurança que faz parte da rotina de trabalho de cada um.

CULTURA DE SEGURANÇA: DICAS FINAIS

  1. Você corre riscos ao desemprenhar essa tarefa?

Talvez essa seja a pergunta mais importante que você deve fazer. A resposta para essa pergunta irá determinar a direção da conversa. Alguns colaboradores poderão encarar a oportunidade para expressar seu ponto de vista sobre a segurança e os riscos envolvendo seu trabalho, e outros podem mostrar resistência ao tema.

Lembre-se que para manter um diálogo é importante fazer perguntas abertas, e se não funcionar, mude a abordagem. O seu objetivo é fazer com que o colaborador seja capaz de reconhecer os riscos envolvendo suas atividades, porém com suas próprias conclusões.

Dependendo do trabalho, é possível que haja mais de um risco ao colaborador, e o ideal seria abordar todos eles, porém isso pode tornar a conversa longa e complicada. Para que a conversa tenha mais qualidade, deixe para falar de riscos menores numa próxima conversa.

  1. Se você não corre riscos, como irá ensinar um colaborador inexperiente a se manter seguro?

Sempre vai haver um colaborador que acredita não correr riscos no ambiente de trabalho, e a melhor maneira de contornar essa situação é invertendo a situação. Faça com que o colaborador explique de que forma ele ensinaria um novo colega de trabalho que não possui experiência a se manter seguro.

Além de ser um método simples para atestar o conhecimento dos colaboradores você também pode aprender mais sobre os métodos de segurança.

  1. Algo pode ser melhorado para tornar o ambiente de trabalho mais seguro?

 Esse é o ponto crucial da conversa, onde você e o colaborador trabalham em conjunto para encontrar maneiras mais seguranças para realizar determinadas tarefas.

É preciso garantir que o colaborador concorde com as mudanças que você propor, pois assim não há volta. É importante fazer com que o colaborador entenda a responsabilidade com a própria segurança, e não só o departamento de SST da empresa.

  1. O que fazer para aplicar essas melhorias?

Depois de assegurar que todos estão de acordo com as mudanças, desafie o colaborador a fazer algo por ele mesmo. Permita que os colaboradores também apresentem uma solução, ou melhor, incentive, elogie e compartilhe com outros colaboradores.

  1. Chegue a um acordo.

Se vocês os colaboradores se comprometeram a fazer algo, comprometa-se também. Coloque a solução encontrada em prática e verifique se o acordo entre você está sendo cumprido por todos os envolvidos.

E claro, no final de tudo, um bom aperto de mãos para selar o acordo.

Pronto! Você agora já sabe quais os melhores caminhos para melhorar a cultura de segurança e saúde do trabalho.

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

Assine a newsletter do Falando de Proteção e receba novidades sobre segurança e saúde do trabalho e todos lançamentos da DuPont.

Fonte: Health and Safe Tips

331
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo