Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Fisp > DuPont leva teste de luvas em Câmara de Tortura

DuPont leva teste de luvas em Câmara de Tortura

Luvas de couro, algodão e Kevlar® jogadas em um tambor com 24 lâminas giratórias e afiadas. Descubra qual luva resiste mais!

 

Durante a XX Feira FISP, que aconteceu no Centro de Exposições Imigrantes, dos dias 8 ao 10 de outubro, a DuPont apresentou em seu stand um teste visual para demonstrar como as luvas feitas de Kevlar® são mais resistentes.

Em um tambor com 24 lâminas giratórias e muito bem afiadas, foram colocadas três tipos de luvas: de couro, de algodão e de Kevlar®. As luvas foram preenchidas com pequenas bolinhas de pallets, com o peso aproximado de uma mão humana (aproximadamente 370 gramas) e colocadas para bater dentro da chamada câmara de tortura.

“Aqui na feira, o tempo máximo que deixamos as luvas batendo no tambor foi de 99 minutos e nada aconteceu com o Kevlar®. Enquanto as luvas de couro e algodão resistiram menos de um minuto antes de rasgar”, contou o especialista da DuPont, Gustavo Rubio e completou:

“Em testes realizados na mesma câmara dentro da empresa, as luvas de Kevlar® sobreviveram por cerca de sete horas”.

Com uma performance impressionante, o resultado do teste surpreendeu todas as pessoas que assistiram.

“Com este teste, que não segue normas, mas é visual, conseguimos quebrar paradigmas. As pessoas que assistiram ficaram chocadas, acham que para o material ser forte tem que ser rígido”, contou Rubio.

268
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo