Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Especial > EPIs Esportivos

EPIs Esportivos

Confira os EPIs esportivos que protegem atletas nas mais diversas modalidades.

esportes_header

Atletas estão sempre sujeitos a impactos, choques e lesões. Os EPIs esportivos foram criados para minimizar esses efeitos, proteger a integridade física dos atletas e, em alguns casos, para melhorar a performance. Este é o primeiro de dois posts especiais que preparamos sobre o assunto.

EPIs Esportivos no Futebol

futbol

Jogadores profissionais de futebol podem apresentar até duas lesões por temporada, sem contar as fraturas, que acontecem com mais frequência nos membros inferiores. Por isso, desde 1990 a FIFA tornou obrigatório o uso de caneleiras, diminuindo sensivelmente o número de lesões.

EPIs Esportivos no Handebol

handeball

Jogadores profissionais de handebol ficam mais seguros na quadra com tornozeleira, joelheira, cotoveleira e protetor bucal.

EPIs Esportivos no Ciclismo

ciclsita

Ciclistas estão expostos aos efeitos da velocidade x clima, como vento, sol e chuva, o que requer o uso de capacete e óculos de proteção, de preferência que bloqueiem raios UVA e UVB. Além de evitarem que o sol queime a superfície do olho, os óculos de proteção também impedem o impacto de objetos, como galhos, folhas e pedras nos olhos. A armação dos óculos de proteção de um ciclista nunca deve ser grossa a ponto de permitir um ponto cego na lateral, nem fechada, o que deixa a lente embaçada.

EPIs Esportivos na Natação

nadador

Nadadores de águas abertas precisam de óculos de proteção com lentes na cor adequada, para proteger os olhos na luz solar, que atrapalha a visão. As cores mais indicadas são cinza, marrom ou verde, que absorvem 75%, 80% e 85% da luz, respectivamente, sendo recomendadas para uso em luz intensa.

EPIs Esportivos na Canoagem

remadores

Segundo a Associação Brasileira de Canoagem, os atletas profissionais devem estar equipados com colete com flutuação mínima de 7 quilos, capacete, calçado fechado, Flip Line e faca. Além disso, cada equipe deve ter um cabo de resgate de 15 metros.

No próximo post, vamos falar de EPIs esportivos em artes marciais, atletismo, boxe, voleibol, Fórmula 1 e montanhismo.

1.590
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo