Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dicas > EPIs para mulheres: Como ajustar?

EPIs para mulheres: Como ajustar?

É possível ajustar um EPI para o tamanho de uma mulher? Descubra algumas dicas e entenda por que é necessário pensar no sexo feminino na hora de comprar equipamentos de proteção.

 

Sem dúvida, as mulheres são a minoria em profissões em que usar EPIs é obrigatório. O OSHA (Occupational Safety and Health Administration) fez um levantamento em 2010 e descobriu que 9% dos trabalhadores da indústria de construção eram mulheres, num total de 818 mil; e desses, apenas cerca de 200 mil trabalhou em zonas de obras.

Esses baixos números acabam se tornando um problema na hora da compra dos equipamentos de proteção individual. Mulheres costumam ser menores e mais magras que homens e por ser minoria, muitas vezes não encontram o EPI do seu tamanho no local de trabalho. Acabam por usar protetores feitos para um homem, que podem ficar mal ajustados, tornando o trabalho mais perigoso.

Luvas e capacetes, por exemplo, se não estiverem muito bem encaixados em quem esta usando, podem, no fim das contas, mais atrapalhar do que proteger.

“Se a luva está grande e fica escapando das mãos, diminui a mobilidade dos dedos e atrapalha bastante o trabalho. O capacete também vira vilão se toda vez que a pessoa olhar para cima, ele cair sob os olhos. A pessoa passaria a usar uma das mãos para segurá-lo e isso não é nada bom”, disse Hongwei Hsiao, chefe de tecnologia de proteção na Divisão de Investigação de Segurança da NIOSH (Instituto de Segurança e Saúde Ocupacional dos EUA), para a revista SafetyandHealt.

Cintos antiqueda e botas também são acessórios que precisam de mais atenção quando usados pelo sexo feminino. Há quem ache que mulheres podem simplesmente usar botas masculinas alguns números abaixo e pronto. O problema é que pés femininos não são só menores como também mais estreitos. Então, comprar o tamanho correto seria o ideal. O mesmo para os cintos – se ficar grande e fora do encaixe certo no corpo, pode machucar.

Veja abaixo algumas dicas de EPIs para mulheres:

Tampões de ouvido: Tampões de espuma descartáveis são mais propensos a atender as mulheres, que normalmente têm canais auditivos menores.

Óculos de segurança: Cuidado com óculos de proteção tamanhos únicos. Eles podem ser muito grandes para o rosto de mulheres e podem permitir que objetos, líquidos ou outros materiais perigosos passem pelas frestas que sobram.

Capacetes: Colocar cintas de queixo e usar um boné por baixo, pode ajudar a firmar o capacete.

Roupa de proteção: Pegar uma roupa de homem e modificá-la para atender a uma mulher, como arregaçar as mangas ou barras da calça, pode ser perigoso, porque os excessos de material podem ficar presos em máquinas.

Luvas: Devem garantir que nenhuma parte da pele fique exposta. Devem também ter uma aderência segura, fazendo com que ferramentas não escorreguem das mãos. O comprimento dos dedos e largura das mãos deve ser similar com a do usuário.

Mesmo se oferecer EPIs para cada sexo, os empregadores precisam ter a certeza de que estão fornecendo o equipamento correto para cada tipo de corpo. É muito importante saber quem é e como são os funcionários e quais as necessidades de cada um. Como o nome mesmo diz, o equipamento é individual e cada um é de um jeito. E todo mundo deve poder encontrar o EPI que se adapte melhor em seu corpo.

1.200
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo