Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dicas > Inspeções de segurança

Inspeções de segurança

Você sabe quais são os tipos de Inspeções de Segurança?

Se tem uma frase que é constantemente reproduzida em treinamentos de segurança, é a de que “prevenir é melhor que remediar”. E é justamente sobre prevenção que vamos falar hoje. Com o intuito de identificar possíveis riscos para os trabalhadores, as Inspeções de Segurança são medidas preventivas que buscam riscos ambientais, testar a eficiência de ferramentas e prevenções e métodos de trabalhos inadequados.

Essa inspeção deve analisar não só as condições do campo de trabalho, mas levar em consideração, também, grupos de operações, processos e indivíduos. Dessa forma, a inspeção consegue ser ainda mais assertiva na identificação de possíveis agentes de acidente.

trabalhadores consultando a planta

Quais são os tipos de inspeções?

Gerais:

São realizadas em todos os setores da empresa e que tem a participação de médicos, engenheiros, assistentes sociais, técnicos de segurança, etc. Esse tipo de inspeção é feita regularmente e pode ser feita pela equipe da CIPA, na ausência de um setor mais especializado no assunto.

Parciais:

São feitas em determinados espaços e pode ser feita de forma mais focada, como em determinados equipamentos, certas atividades, etc.

De rotina:

Essa inspeção deve ser feita tanto pelos encarregados da segurança do local, como também pelos próprios funcionários. Essa inspeção concentra a manutenção de máquinas, condutores de energia e equipamentos em geral. Geralmente, são nessas inspeções que os agentes de acidente mais comuns são encontrados, pois se manifestam com mais frequência.

Periódicas:

Devido ao desgaste natural de máquinas e equipamentos, essas inspeções precisam ser feitas regularmente de tempos em tempos. Essas inspeções têm o objetivo de descobrir riscos que equipamentos e instalações podem provocar. Geralmente, essas inspeções são obrigatórias por lei.

trabalhadores conversando

Eventuais:

Assim como as gerais, elas podem ser feitas por técnicos, engenheiros, médicos e outros profissionais do tipo e são feitas sem uma data ou período pré-definido. Essas inspeções são mais gerais e não possuem caráter de urgência.

Especiais:

A mais específica de todas as inspeções, essas são feitas por profissionais e controles técnicos que garantem o bem estar do trabalhador. Nas inspeções especiais são analisadas, por exemplo, a gravidade de ruídos ambientais, a presença de toxinas, etc. Essa inspeção deve ser feita em conjunto com a CIPA.

Oficiais:

São feitas por agentes especialistas, empresas de seguro e outros órgãos oficiais.

É importante lembrar que as inspeções são fundamentais para o bom desenvolvimento do ambiente de trabalho.

Fonte: Inbep

3.069
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo