Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dicas > Luvas protetoras: como escolher?

Luvas protetoras: como escolher?

As nossas mãos são nossas principais ferramentas de trabalho, independentemente da função desempenhamos. É por […]

As nossas mãos são nossas principais ferramentas de trabalho, independentemente da função desempenhamos. É por isso que quando falamos de EPI, as luvas são os primeiros tópicos abordados, afinal, é preciso um equipamento que possa proteger o trabalhador de queimaduras, cortes e outras possíveis fraturas. Por sua extrema importância, as luvas são consideradas, talvez, a forma mais comum de proteção e, no post de hoje, daremos algumas dicas para que você, especialista em segurança, consiga identificar a opção ideal para os seus funcionários.

luvas de proteção e trabalhador manuseando ferramenta

No momento da escolha do material da luva, é imprescindível se atentar aos seguintes fatores:

info_post-1

Após a identificação e o estudo das principais necessidades do trabalhador, outro ponto que deve ser levado em consideração é o material.

As luvas de Kevlar® , por exemplo, apresentam extrema resistência  a cortes e queimaduras  – e você pode relembrar o teste que fizemos neste post aqui.

Luvas de couro e lona, também são indicadas para esse tipo de função, já que apresentam certa resistência para cortes.

As luvas de tecido são leves, por isso, indicadas para trabalhos que tenham contato com sujeira e necessitem de um material antiderrapante. Já as luvas de proteção para produtos químicos são mais grossas, pois precisam ser resistentes a materiais abrasivos.

Quer saber mais sobre as luvas de Kevlar® da DuPont? Então clique aqui para acessar os outros posts sobre o assunto.

401
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo