Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dicas > Mais 5 dicas para você implementar a cultura da segurança na sua empresa

Mais 5 dicas para você implementar a cultura da segurança na sua empresa

Se você precisava de dicas para conscientizar sua equipe sobre segurança no trabalho, esse post é para você. Confira!

Em nosso post sobre o preço de um acidente de trabalho, nós falamos que prevenir é muito melhor que remediar – e quando falamos sobre segurança no trabalho, essa frase tem um impacto ainda mais significativo. Como implementar essa cultura pode ser complicado e um processo não tão simples para algumas pessoas, hoje nós separamos mais cinco dicas para você começar esse trabalho de implementação da cultura de segurança em sua empresa. Confira! 😉

  1. Descubra a relação e o conhecimento da equipe sobre SST

Seja por meio dos Diálogos Diários de Segurança (inclusive, você já conferiu o nosso apanhado com textos sobre o assunto?) ou por comunicações visuais, é importante sempre conversar sobre segurança e deixar todos os colaboradores alinhados quanto a importância do assunto. Para isso, procure saber qual é o conhecimento da equipe e trabalhe na divulgação dos processos internos, dos usos de EPI e de possíveis melhorias nos ambientes. E por falar nisso…

  1. Faça estudos, junto com a equipe, sobre as condições do ambiente de trabalho

Quem melhor do que os trabalhadores para sinalizar possíveis melhorias no ambiente? São eles que estão com “a mão na massa” e que estão vendo, diariamente, os locais que estão precisando de uma atenção especial. Converse com a equipe e, principalmente, ouça o que ela tem a dizer.

Equipe reunida com EPIs

  1. Faça feedbacks constantes

Uma das formas mais eficientes de promover a conscientização sobre um assunto em uma empresa é por meio da construção de uma relação horizontal entre as duas partes. É por isso que o feedback é extremamente importante – independente da área de atuação do trabalhador. Faça reuniões, dê feedbacks, elogie quando os resultados forem legais e incentive os colaboradores. Você vai ver como essa ação vai aumentar ainda mais o engajamento do pessoal. 😉

  1. Promova treinamentos e capacitações periodicamente

Nós já falamos sobre o assunto nesse post aqui, mas caso você tenha perdido, a gente relembra ele pra você. Treinamentos e capacitações são extremamente importantes tanto para o empregador quanto para o colaborador. Para o empregador, ele ajuda a criar uma cultura de segurança na empresa, enquanto para o colaborador, o treinamento pode ser a melhor ferramenta para ele entender algum procedimento.

  1. Nunca esqueça de consultar – e divulgar -as NRs

São as NRs que documentam as obrigações do empregador para com a segurança do colaborador e, por isso, é imprescindível que os dois lados tenham constante acesso às Normas Regulamentadoras. Aqui no Falando de Proteção, nós temos vários posts sobre o assunto – tanto as normas na íntegra, quanto as principais informações delas. Dê uma pesquisada aqui no blog e aproveite para relembrá-las.

. . .

Prontos para começar um novo trabalho de segurança? 😉

458
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo