Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dia a Dia > O que é a taxa de gravidade?

O que é a taxa de gravidade?

O Falando de Proteção hoje explica mais uma ferramenta que as empresas possuem para lidar com os acidentes de trabalho no dia a dia.

Profissionais que trabalham em alguns setores da indústria com serviços de alto risco, ou em ambientes com possibilidades de grandes acidentes, provavelmente já ouviu falar sobre a taxa de gravidade.

A taxa de gravidade é uma estatística utilizada por diversas empresas que permite uma avaliação completa sobre o status da segurança do trabalho. Com ela é possível fazer uma previsão sobre a quantidade de dias produtivos que são desperdiçados a cada acidente de trabalho que ocorre dentro das empresas.

TAXA DE GRAVIDADE: PORQUE É IMPORTANTE?

É a partir da taxa de gravidade que as empresas podem fazer uma análise mais profunda sobre a eficácia dos programas de segurança que foram implantados no dia a dia dos trabalhadores.

Dessa forma também é possível analisar o desempenho de todos os membros que compõe a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes).

COMO É FEITO O CÁLCULO? 

Para realizar o cálculo correto da taxa de gravidade basta utilizar uma fórmula bastante conhecida.

TG = TC x 1.000.000
                   HR

A taxa de gravidade indica o tempo computado em casos de acidentes multiplicado por 1 milhão, dividindo o resultado pelas horas de exposição ao risco (HR) dentro de um tempo pré-estabelecido.

O tempo computado (TC) diz respeito aos dias perdidos com os acidentes. As horas de exposição ao risco correspondem ao período trabalhado por todos os funcionários da empresa durante o mês. Esse valor é descrito em horas que indicam o tempo em que os colaboradores estiveram expostos a acidentes enquanto exerciam suas atividades na empresa.

Exemplo:
Em uma empresa foram perdidos 15 dias produtivos devido ao acidente de trabalho ocorrido.

Os colaboradores trabalharam 30.000 horas.

Por tanto a fórmula seria:

TG = 15 x 1.000.000
                30.000

TG = (15 x 1.000.000) / 30.000
TG = 500

De acordo com a fórmula, foram 500 dias perdidos entre 1 milhão de horas trabalhadas. Quanto maior o valor da taxa de gravidade, pior é a condição de segurança dentro da empresa.

A REDUÇÃO DA TAXA DE GRAVIDADE

Com a possibilidade de calcular os dias perdidos as empresas podem traçar uma estratégia nova envolvendo a segurança dos colaboradores, seja com a renovação do mapa de riscos, melhorar as sinalizações de segurança, escolha de novos EPIs, e até o desenvolvimento de uma série de treinamentos para os colaboradores.

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

Saiba tudo sobre os lançamentos da DuPont e o melhor conteúdo sobre segurança e saúde do trabalho. Assine a newsletter do Falando de Proteção.

3.382
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo