Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Especial > Só o Certificado de Aprovação garante sua segurança? Descubra na websérie DuPont Tyvek®

Só o Certificado de Aprovação garante sua segurança? Descubra na websérie DuPont Tyvek®

Começa hoje a websérie DuPont™ Tyvek®, com vídeos semanais focados em mostrar as principais diferenças […]

Começa hoje a websérie DuPont Tyvek®, com vídeos semanais focados em mostrar as principais diferenças entre os Equipamentos de Proteção Individual e como saber diferenciá-los. E o primeiro episódio já está no ar! Nele, mostramos na prática se apenas o Certificado de Aprovação é suficiente para garantir a segurança dos trabalhadores, comparando também os principais EPIs do mercado em relação a conforto e durabilidade. Assista agora mesmo!

No vídeo acima, fica mais fácil de entender por que nem sempre o Certificado de Aprovação, também conhecido como CA, garante a segurança do trabalhador, já que mesmo os equipamentos que atendem apenas aos requisitos mínimos também recebem a certificação. 

De acordo com a norma regulamentadora número 6 (NR 6), todo EPI, nacional ou importado, só pode ser comercializado ou utilizado se tiver a indicação do Certificado de Aprovação. Para obter o CA, o equipamento é submetido a diversos testes específicos, visando garantir a proteção, durabilidade e conforto para os trabalhadores exercerem suas atividades. No Brasil, os fornecedores precisam enviar apenas algumas amostras para que o CA seja testado e validado por 5 anos, mas todo o processo produtivo não é validado e nem certificado, ou seja, não há garantia total de que o EPI entregará a mesma performance conforme o uso.

Apesar de extremamente importante, o CA garante apenas que o EPI passou nos testes solicitados, mas não deixa clara a real diferença entre os Equipamentos. Ou seja, nem todo produto que possui o certificado possui a mesma eficácia. DuPont Tyvek®, por exemplo, dentro da norma internacional ISO 16602:2007, atende a diversos tipos de proteção, sendo 6 tipos de riscos químicos e cada um deles com alguns estabelecimentos mínimos. 

Portanto, é extremamente importante que os especialistas de segurança do trabalho façam uma análise de risco interna do processo da empresa, já que o CA validado não significa que esteja adequado para o nível de risco de cada uma das aplicações, podendo gerar uma série de danos para os trabalhadores e para a empresa. 

E aí, gostou? Fique de olho no nosso blog para não perder nenhum conteúdo sobre segurança do trabalho! Na próxima semana, você irá descobrir um pouco mais sobre as vestimentas reutilizáveis e as vestimentas de uso limitado. Até lá! 

 

 

0
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo