Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dicas > Técnicos em Segurança do Trabalho | Dicas a Recém-Formados

Técnicos em Segurança do Trabalho | Dicas a Recém-Formados

Veja as dicas que preparamos especialmente para estudantes técnicos em segurança do trabalho.

Como todo estudante, os recém-formados técnicos em segurança do trabalho possuem muitas dúvidas ao ingressar no mercado. Pensando nisso, preparamos dicas para esses novos técnicos em segurança do trabalho.

Tudo ao Mesmo Tempo Agora

Se você acabou de se tornar um dos técnicos em segurança do trabalho, a primeira dica é: calma! Independentemente de ter feito estágio ou não, esse é um momento de muitas cobranças em termos de realização. Mas é preciso tempo para se adaptar à nova realidade. Para não se estressar, evite querer fazer tudo de uma vez. Ao invés disso, faça uma lista de prioridades e vá atingindo pouco a pouco cada um dos seus objetivos.

A Importância da CIPA

Uma das primeiras coisas que técnicos em segurança no trabalho devem fazer em uma empresa é se conectar com seus contatos CIPA (cipeiros), se a empresa tiver. Converse sempre muito com eles, lembrando que a CIPA será um dos mais importantes aliados na gestão de segurança no trabalho. E ela funciona muito melhor se for valorizada pelos técnicos em segurança do trabalho.

Respostas nas Leis

Esteja sempre em dia com as normas e leis, é nelas que você vai se apoiar e é delas que depende uma atuação mais assertiva. Evite achismos e opiniões pessoais.

Reconhecendo a Área

Se já estiver trabalhando, procure conhecer todos os setores da empresa, assim como os superiores de cada área. Procure fazer com que todos o conheçam e se relacione o melhor possível. Quanto mais técnicos em segurança do trabalho abrirem o diálogo com os colegas, melhor vai trabalhar e saber o que é melhor para o bem comum da empresa.

Graus de Risco

Saiba bem o grau de risco principal e os graus de riscos secundários do local. Isso ajudará qualquer técnico em segurança do trabalho a tomar as melhores decisões.

Trabalho Externo

Procure saber se a empresa tem também funcionários externos. Eles devem se beneficiar da mesma segurança que os funcionários internos. Não se esqueça que o trabalho externo oferece riscos diferentes do trabalho interno. Portanto, deve ser feita uma outra avaliação pelos técnicos em segurança do trabalho.

Documentação em Dia

Bons técnicos em segurança do trabalho também devem ficar por dentro de todas as documentações da empresa e certificar-se periodicamente se estão atualizadas e se atendem as necessidades da empresa. Principalmente PPRA e PCMSO, os documentos mais pedidos em caso de fiscalização.

Organização

O cronograma de ações deve ser sua prioridade. Confira se ele está sendo cumprido com um checklist periódico para estar entre os técnicos em segurança do trabalho mais produtivos.

Quer saber mais?

Neste post respondemos a algumas dúvidas que afligem estudantes técnicos em segurança no trabalho.

 

 

1.340
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo