Fique por dentro de todas as novidades. Inscreva-se agora!
x
Preencha os campos abaixo e cadastre-se!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba todos
os materiais do Falando de Proteção em sua caixa de e-mail


home > Dia a Dia > Principais Termos de Segurança do Trabalho

Principais Termos de Segurança do Trabalho

Confira o glossário que preparamos com os termos de segurança do trabalho mais usados.

Entender os termos de segurança do trabalho e seus significados ajuda a entender melhor alguns conceitos, compreender a linguagem e se comunicar melhor – uma das mais importantes formas de precaução, segundo especialistas.

Abaixo, criamos um glossário com os mais utilizados termos de segurança do trabalho, categorizados em ordem alfabética para você encontrar o que deseja mais rápido e poder consultar quando quiser.

Termos de Segurança do Trabalho – A a C

  • Acidente de Trabalho: acidente que ocorre dentro da instituição ou no trajeto de ida e volta, que provoque lesão corporal ou perturbação funcional, podendo causar morte, perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade laboral.
  • Acidente Fatal: acidente que provoca a morte do funcionário.
  • Acidente Grave: acidente que provoca lesões incapacitantes no funcionário.
  • Adicional de Insalubridade: indenização a funcionários que trabalham em condições de insalubridade.
  • Adicional de Penosidade: indenização a funcionários que trabalham em condições de penosidade.
  • Adicional de Periculosidade:indenização paga a funcionários que trabalham em condições de periculosidade.
  • Agentes Biológicos: bactérias, fungos, bacilos, parasitas, protozoários, vírus, entre outros.
  • Agentes Ergonômicos: agentes que tornam o ritmo e/ou a frequência do trabalho desajustados, como equipamentos e instrumentos que podem gerar desgaste físico, emocional, sono ou fadiga e dores musculares, entre outros.
  • Agentes Físicos: ruídos, vibrações, pressões anormais, temperaturas extremas, radiações ionizantes, entre outras formas de energia a que possam estar sujeitos os funcionários.
  • Agentes Químicos: produtos, compostos ou substâncias químicas que podem ter contato com o organismo de funcionários pelas vias respiratórias, pela pele ou por ingestão, como  poeiras, fumos, névoas, gases ou vapores tóxicos.
  • Ameaça: evento, circunstância, acontecimento ou iminência de dano ou perda, humano ou material.
  • Arco Elétrico ou Voltaico: descarga elétrica produzida pela condução de corrente elétrica por meio do ar ou gás, entre dois condutores separados.
  • Aterramento Elétrico: ligação à terra que assegura a fuga de correntes elétricas indesejáveis.
  • Ativo: bens duráveis ou não-duráveis da empresa, tangíveis ou não, seja equipamento, material ou informação. Também significa atividade que gere valor ao empregador
  • Avaliação de Risco: investigação de vulnerabilidades e/ou ameaças de ativos com o objetivo de calcular a probabilidade de eventos que causem perdas ou danos, além de seus possíveis impactos, no intuito de que sempre se tomem as melhores decisões.
  • Bem Intangível: é um bem que não manifesta fisicamente sua existência, como uma marca ou o conhecimento de uma instituição.
  • Bem Tangível: é um bem físico, como uma máquina, um equipamento, um carro, entre outros.
  • Biossegurança: conjunto de técnicas, estudos e procedimentos que visam evitar ou controlar possíveis problemas à saúde humana e/ou danos ao meio ambiente causados por pesquisas biológicas e/ou trabalhos relacionados.
  • Classes de Fogo: classificação do fogo, de acordo com o material combustível. Divide-se em Classe A (em materiais de combustão fácil e profunda, deixando resíduos), Classe B (em produtos inflamáveis que queimem somente em sua superfície, sem deixar resíduos), Classe C (em equipamentos elétricos energizados) e Classe D (em elementos pirofóricos).
  • Condição Insegura: aquela existente no ambiente de trabalho que oferece perigo e ou risco ao trabalhador.

Termos de Segurança no Trabalho: D a G

  • Doenças Ocupacionais: decorrem de exposição a substâncias ou condições perigosas inerentes a processos e atividades profissionais ou ocupacionais.
  • Doenças do Trabalho: podem ser adquiridas ou desencadeadas por condições inadequadas de trabalho, expondo o trabalhador a agentes nocivos.
  • Estabilidade Garantida: característica relativa a elementos que não ofereçam risco de colapso ou desabamento.
  • Estratégia de Tratamento do Risco: expõe diferentes formas de gerir os riscos.
  • Engenharia de Segurança do Trabalho:ramo da Engenharia que elabora programas e cria soluções para minimizar acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, além de proteger a integridade e a capacidade de trabalho do funcionário.
  • Fail-safe: conjuntos de medidas que visam minimizar os efeitos de uma falha.Pode ser passivo, ativou ou operacional.
  • Flash-over: temperatura em que o calor é alto o suficiente para inflamar simultaneamente todo o material inflamável a sua volta. O flash-over caracteriza-se por inflamação dos gases presentes em um ambiente, fazendo com que eles se incendeiem de repente, causando uma explosão em forma de “bola” de fogo.
  • Fonte fria: dispositivo portador de fonte radiativa que não contém fonte radiativa. Usado geralmente para fins demonstrativos e didáticos.
  • Fonte radiativa:haste que contém uma fonte radiativa em atividade.
  • Grau de Risco: grau que mede a possibilidade de ocorrência de acidentes de trabalho, de 1 a 4. Quanto maior a possibilidade, maior o grau de risco.

Termos de Segurança do Trabalho – I a L

  • Impacto: resultados e/ou a consequências de dano ou perda.
  • Impacto Financeiro: o cálculo de custos diretos e indiretos (ou intrínsecos e relativos) dos riscos, caso eles se concretizem.
  • Incidente: acontecimento imprevisível que tira o desenrolar das atividades da normalidade, interrompendo o processo produtivo.
  • Incombustível: material que não se inflama.
  • Limite de Tolerância: intensidade máxima tolerada por funcionários expostos a agentes durante a vida laboral, relacionada à natureza do trabalho e ao tempo de exposição.
  • Locais Confinados:espaços com entrada e saída de ventilação natural limitada.

Termos de Segurança no Trabalho – M a P

  • Mapa de Riscos: mapa indicativo dos riscos em um ambiente de trabalho, que utiliza uma planta do ambiente com círculos coloridos. Cada cor representa um risco que tem seu tamanho determinado pela gravidade.
  • Material Combustível: possui ponto de fulgor maior ou igual a 70⁰ C e menor ou igual a 93,3⁰ C.
  • Material Inflamável:possui ponto de fulgor menor ou igual a 70⁰ C.
  • Nível de Ação: O ponto de partida de ações preventivas, buscando minimizar a probabilidade de as exposições e agentes ultrapassarem os limites.
  • Nível de Exposição: nível médio representativo da exposição ocupacional diária.
  • Nível de Exposição Normalizado (NEN): exposição convertida para jornada padrão de 8 horas diárias, comparada ao limite de exposição.
  • Plano de Contingência (ou Plano de Recuperação de Desastre): medidas que se utilizam de normas e procedimentos a serem adotados, com atribuição de responsabilidades em caso de desastres.
  • Plano de Continuidade: medidas planejadas em caso de risco, visando atividades e processos em funcionamento caso ocorra sinistro.
  • Plano de Emergência: normas e procedimentos administrativos, técnicos e lógicos que buscam utilizar os recursos disponíveis para minimizar os efeitos de situações envolvendo incêndios e suas consequências, no intuito de obter uma resposta rápida e eficiente.
  • Plano de Gerenciamento de Riscos: análise e diagnósticos de ameaças, vulnerabilidades, impactos e probabilidades de risco que vai definir estratégias políticas e econômicas.
  • Plano de Gerenciamento de Crise: medidas que determinam ações e responsáveis no caso de uma crise. O ideal é que seja desenvolvida como forma de prevenção, com revisões periódicas, para se evitar os danos que a crise originada em emergências, contingências ou fatores de risco inerentes pode desencadear.
  • Probabilidade: cálculo da chance de riscos se concretizarem em uma instituição.

Termos de Segurança do Trabalho – R a V

  • Radiação Ionizante: radiação que ioniza os átomos de uma superfície ao incidir sobre ela.
  • Radiação Não-Ionizante: radiação que não ioniza os átomos de uma superfície ao incidir sobre ela. A NR-15 considera radiação não ionizante as micro-ondas, o laser e o ultravioleta.
  • Redução do Impacto: controle da extensão de riscos e suas consequências.
  • Risco: variável permanente em todas as atividades humanas, podendo resultar de Ameaças, Vulnerabilidades, Probabilidades e Impactos.
  • Risco Biológico: derivado do contato com micro-organismos nocivos à saúde.
  • Risco Humano: deriva de ação ou omissão humana, seja de forma direta ou indireta, voluntária ou involuntária.
  • Risco Natural: deriva de fenômenos naturais.
  • Risco Técnico: deriva de mau emprego ou falha de equipamentos, utensílios ou instrumentos.
  • Segurança: estado, qualidade ou condição daquilo que se encontra seguro, protegido, isento de perigo.
  • Segurança Corporativa (ou Institucional): utiliza Recursos Humanos, Técnicos e Organizacionais para tratar riscos da Instituição, protegendo pessoas, imagens, informações e bens a ela relacionadas e garantindo assim a continuidade de suas atividades.
  • Sinistro: oficialização de dano ou prejuízo de ativo ou bem, decorrente de incêndio, acidente, roubo, furto, entre outros riscos.
  • Sistema de Referência: instalações, organizações, ativos ou pessoas que são pontos de partida para a análise de risco.
  • Tolerância cruzada: ocorre com o uso simultâneo de produtos farmacologicamente relacionados.
  • Trabalhador Qualificado: funcionário que possa comprovar à instituição e à inspeção do trabalho sua capacitação mediante treinamento na instituição ou curso em instituições públicas ou privadas.
  • Trabalhador Habilitado: funcionário que comprove ter, junto a algum órgão competente, a habilitação exigida pela lei para a sua função.
  • Trabalhador Capacitado: funcionário treinado por outro profissional para a função exigida.
  • Trabalhador Autorizado: funcionário qualificado, habilitado e treinado especificamente para uma função.
  • Vulnerabilidade: fragilidade exposta que pode ser tomada por uma ameaça, possibilitando o acesso de um ativo e causando perdas e danos (impacto).

Veja também:

Dicionário de Siglas

6.809
0
Inscreva-se:
Anterior
Próximo