Dia a Dia

Principais causas de acidentes de trabalho

Entender as principais causas de acidentes de trabalho é o primeiro passo para preveni-los e, assim, promover mais segurança, saúde e qualidade de vida aos trabalhadores.

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS CAUSAS DE ACIDENTES DE TRABALHO NO BRASIL?

Entre elas, destacam-se:

  • Não utilizar o EPI adequado;
  • Negligência na instrução ao trabalhador;
  • Falta de conhecimento técnico;
  • Atitudes imprudentes;
  • Ausência ou negligência na fiscalização;
  • Não-cumprimento de leis trabalhistas;
  • Negligência aos direitos dos trabalhadores;
  • Não-manutenção ou não-reposição de maquinários.

QUAIS ATITUDES CAUSAM ACIDENTES DE TRABALHO?

Entre os trabalhadores, apurou-se que existem ainda outras atitudes. São elas:

  • Atender ao celular durante o expediente ou em trânsito;
  • Discussões sobre futebol;
  • Fofocas no ambiente de trabalho;
  • Fase final de uma obra;
  • Manter encarregados que não se relacionam bem com a equipe;
  • Mudanças inesperadas de turno.

Há outro elemento que acaba levando às principais causas de acidentes de trabalho. Trata-se de não comunicar acidentes que quase chegam a acontecer ou lesões leves que não impedem o andamento do trabalho, tais como:

  • Prensamento de dedos nas portas;
  • Unhas roxas causadas por pancadas;
  • Arranhões em superfícies ásperas;
  • Pequenas lesões por transitar entre equipamentos.

Na maioria dos casos, isso acaba acontecendo por medo do trabalhador – de ser advertido, punido, perder o emprego, ser visto como descuidado ou mesmo de sofrer bullying – da reação de seus colegas e superiores quanto ao acontecido.

É preciso pensar e reavaliar essas atitudes. Treinamentos que tragam empregadores e trabalhadores à consciência são uma possível solução, além do DDS. O importante é saber que somente compreendendo as principais causas dos acidentes de trabalho é possível fazer a prevenção correta e poupar milhares de trabalhadores e empregadores de consequências que, às vezes, são para toda a vida.