Dia a Dia

Riscos em Laboratórios, quais são?

Considerados como áreas de riscos, laboratórios podem trazem diversos problemas para a saúde do trabalhador caso não haja o devido cuidado.

Quando pensamos em riscos em laboratórios, somos enganados em diversas ocasiões, pois tendemos a pensar somente em riscos por contaminação, sem contemplar outros fatores que envolvem a saúde dos trabalhadores.

Para facilitar o controle e definir medidas que possam trazem benefícios para saúde do trabalhador, os riscos presentes são divididos em 5 grupos principais.

Riscos em Laboratórios encontrados

Risco de Acidentes

Situações de perigo onde o trabalhador e possa ter sua integridade, bem estar físico e moral afetados. O maior índice desses riscos são encontrados em Máquinas e Equipamentos sem proteção, junto com a probabilidade de incêndios, armazenamento inadequado de produtos, entre outros.

Riscos Ergonômicos

Causados na maioria das vezes por esforços repetitivos que afetam a postura do trabalhador, provocando lesões que possam interferir na atividade laboratorial do trabalhador. Esses riscos podem ser atribuídos ao levantamento e transporte manual de peso, movimentos repetitivos, postura inadequada, etc.

Riscos Físicos

São os riscos gerados por máquinas e condições físicas características de acordo com o local de trabalho, que possivelmente podem causar danos à saúde do trabalhador. Pressões anormais, temperaturas extremas, ruídos e vibrações são algumas atividades que geram riscos físicos.

Riscos Químicos

Eles estão ligados diretamente a exposição a agentes ou substâncias químicas na forma líquida, gasosa ou como partículas presentes nos ambientes ou processos de trabalho que possam penetrar no organismo através das vias respiratórias, pela derme ou por ingestão.

Riscos Biológicos

Causados por microrganismos, como vírus, bactérias, fungos e outros. Os riscos biológicos são responsáveis por uma série de doenças devido à contaminação e pela própria natureza do trabalho realizado dentro de um laboratório.

Estes riscos podem causar danos à saúde do trabalhador em função de sua natureza, intensidade e tempo de exposição. Para evita-los é necessário fazer um mapeamento correto dos riscos encontrados, observar as NRs que podem ser aplicadas no ambiente de trabalho e propiciar uma melhor estrutura de trabalho para o dia a dia de quem trabalha em laboratórios.