Dicas

Dicas para conseguir um estágio de Técnico em Segurança do Trabalho

Quem é estudante de TST sabe da obrigatoriedade de fazer um estágio para se formar e sabe também que não está nada fácil de conseguir um. O Falando de Proteção by DuPont separou algumas dicas que podem ajudar você nessa saga. Confira:

 – Destaque-se: Dê o máximo de si, estude de verdade. Além de prestar muita atenção nas aulas, leia e pesquise por conta própria.  Por mais completo que seja seu curso, alguns assuntos importantes podem ser abordados em aula de maneira superficial ou até mesmo nem serem mencionados.

2ª – Seja sociável: Quanto mais amigos fizer, mais chances você tem de ser lembrado na hora que uma vaga surgir. E agora pode não parecer, mas em um mercado de trabalho quase todos se conhecem ou virão a se conhecer. Se você cultivar uma má reputação, pode correr o risco de ter pessoas que não gostariam de trabalhar com você.

3ª – Fique por dentro: informe-se sobre as regras de estágio impostas pelo curso. A partir de que módulo é possível começar a estagiar, quantas horas são obrigatórias e se a instituição tem vínculos com empresas com programas de estágios são algumas das perguntas que se deve fazer.

4ª – Comece o quanto antes: Em hipótese alguma deixe para começar seu estágio no final do curso. Estágios existem para alunos aprenderem, na prática, mais sobre a profissão escolhida e só pode ser estagiário quem tem vínculo com alguma instituição de ensino. Quanto antes você começar, mais tempo vai ter para aprender e se envolver com o mercado de trabalho.

5ª – Invista em cursos extras: Aprender outras línguas como inglês e espanhol, frequentar paralelamente aulas sobre as leis e as normas regulamentadoras. Tirar carteira de motorista, caso não a tenha, também pode te trazer vantagens na hora de procurar um trabalho.

6ª – Informe-se sobre quais são as grandes empresas do seu estado que oferecem programas de estágio e quais são os critérios de seleção. Fique de olho nos jornais locais e nos sites das empresas para saber sobre oportunidades.

7ª – Aproxime-se dos seus professores: Afinal, muitas vezes além de dar aulas, eles estão ingressados no mercado de trabalho e fazem pontes entre os alunos e oportunidades oferecidas pelas empresas. Os estudantes que mais se destacarem, sem dúvida, terão prioridade na hora de encontrar contatos e vagas interessantes.

8ª – Preste atenção aos erros de gramática em seu currículo! Um errinho apenas e você já pode ser eliminado. O famoso “encher linguiça” não funciona quando se trata de currículos. Como a demanda é grande, você pode ser dispensado por ter um currículo extenso e cheio de informações vagas. Seja direto e objetivo.

9ª – Não tenha vergonha: Envie seu currículo a todas as pessoas conhecidas e empresas de seu interesse que tiver contato. Se possível, entregue pessoalmente. Cadastre-se em sites como o NUBE  (Núcleo Brasileiro de Estagio)

10ª – Marque presença em feiras, palestras, encontros e todos os eventos sobre sua área escolhidas. São ótimos lugares para ampliar contatos e oportunidades. Veja o post especial que o Falando de Proteção by DuPont fez sobre a presença dos estudantes na 20ª Feira Internacional de Segurança e Proteção (FISP)

11ª – Tenha um projeto diferente: Pode ser sozinho ou com um grupo de amigos. Em um Blog, por exemplo, além de pesquisar bastante para escrever posts, você divulga seu trabalho, troca informações com outros profissionais e faz muitos contatos. Se não levar jeito para ter seu próprio blog, você pode acompanhar e participar com comentários em outros blogs com assuntos da sua área.

12ª- Não desista! Poucos são os que têm sorte e arrumam um estágio de cara. Estude, insista e invista. Não desanime de encontrar seu lugar na sua área. Mantenha o otimismo e não fique parado.

  

Boa Sorte!  😉