Dicas

Ambientes navais e estaleiros pedem cuidados e norma exclusiva, a NR 34

Que segurança e saúde do trabalhador são pautas de muitos segmentos, muita gente já sabe. Mas você sabia que quando falamos de alguns setores, existem normas regulamentadoras específicas? Pois este é o caso da indústria da construção, reparação e desmonte naval e da NR 34.

 

NR 34: o que é e pra que serve?

A Norma Regulamentadora (NR) 34 garante os requisitos mínimos e as medidas de proteção à segurança, à saúde e ao meio ambiente de trabalho nas atividades da indústria naval, incluindo suas embarcações e estruturas.

 

A NR 34 e os riscos do Trabalho a Quente

Podemos considerar como trabalho a quente as atividades de soldagem, goivagem, esmerilhamento, corte ou aquela capazes de gerar fontes de ignição como, por exemplo, o aquecimento, centelha ou chama. E as medidas de proteção visam atender todas as atividades envolvendo este tipo de manuseio:

  • Inspeção preliminar – tem o objetivo de averiguar se o local de trabalho e as áreas adjacentes estão limpos, secos e isentos de agentes combustíveis, inflamáveis, tóxicos e contaminantes. Por isso, planejamento e mapeamento são fundamentais. Saiba mais aqui: Mapa de Risco: Aprenda como fazer e descubra seus benefícios
  • Proteção contra Incêndio – cabe aos empregadores providenciar a eliminação ou manter sob controle os possíveis riscos de incêndios, como instalação de proteção física, sistema de combate a incêndio e inspeções no local.
  • Controle de fumos e contaminantes – é fundamental limpar adequadamente a superfície e remover os produtos de limpeza utilizados, antes de realizar qualquer operação. Saiba como a limpeza contribui para a segurança no trabalho
  • Utilização de gases – utilizar somente gases adequados à aplicação, de acordo com as informações do fabricante, além do uso de reguladores de pressão calibrados e em conformidade com o gás empregado.
  • Equipamentos elétricos – todos os equipamentos elétricos e seus acessórios devem ser aterrados a um ponto seguro e instalados, seguindo as instruções do fabricante.

 

A responsabilidade tem duas vias.

As normas visam minimizar riscos, principalmente em atividades onde eles são mais elevados. Mas também requer um trabalho mútuo de entendimento de que as responsabilidades são tanto da empresa quanto dos funcionários.

 

Se por um lado empresas devem oferecer condições estruturais necessárias…

… por outro é fundamental criar uma cultura de segurança em todos os funcionários!

 

☑ O local de deve estar limpo, seco e sem agentes combustíveis, inflamáveis, tóxicos e contaminantes.

☑ Mantenha sob controle possíveis riscos de incêndios, como instalação de proteção física, e inspeções no local.

☑ Limpe adequadamente a superfície e remova produtos de limpeza, antes de realizar qualquer operação.

☑ Utilize somente gases adequados à aplicação, de acordo com as informações do fabricante.

☑ Equipamentos elétricos devem ser aterrados a um ponto seguro e instalados.

 

Caso acidentes aconteçam, saiba como proceder Acidentes de trabalho: o que fazer?

Normas como esta nos ajudam a garantir a segurança em primeiro lugar. E para garantir a melhor proteção, descubra qual EPI da DuPont é o ideal para a sua atividade: https://www.safespec.dupont.com.br/