Dia a Dia

Ambientes de metalmecânica: como estar 100% seguro?

É certo de que a indústria metalmecânica é um dos maiores segmentos responsáveis pela transformação de metais em inúmeros produtos, desde a produção de bens até máquinas, equipamentos, veículos e materiais de transporte.

Isso significa que seu papel é fundamental na sociedade, mas, nem por isso, está livre de riscos à saúde de quem faz parte do dia a dia desta engrenagem.

 

A proteção começa na legislação

Não dá para falarmos de cuidado e segurança sem, antes, passarmos pelas consolidações das Leis do Trabalho (CLT) e da Norma Regulamentadora (NR6). Juntas, elas determinam e garantem as medidas protetivas de saúde e a integridade física dos trabalhadores, desde o uso de equipamentos de proteção individual (adequados a cada atividade) até a obrigatoriedade do fornecimento destes itens pelos empregadores.

A partir daí, as regras são estabelecidas e o uso de EPIs cada vez mais fundamental.

 

E por falar em EPIs…

Eles devem ser utilizados quando os Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC) não forem suficientes. Lembrando que cada indústria tem as suas particularidades, que variam de acordo com a estrutura ofertada, maquinários utilizados e serviços prestados.

 

Quando usar?

Fazer um mapeamento das áreas e identificar os diferentes riscos é importante na hora de encontrar os equipamentos ideais. Conheça os mais comuns:

Luvas de proteção

  • Agentes abrasivos e escoriantes
  • Cortes e perfurações
  • Choques elétricos
  • Temperaturas extremas
  • Vibrações
  • Radiações ionizantes
  • Umidade
  • Agentes químicos ou biológicos

Óculos e máscaras

  • Radiação infravermelha ou ultravioleta
  • Impactos de partículas
  • Luminosidade intensa
  • Riscos térmicos

Calçados de proteção

  • Cortes
  • Perfurações
  • Quedas de objetos
  • Respingos
  • Escorregões
  • Escoriações

Macacão de segurança

  • Exposição a altas temperaturas, como soldas e caldeiras
  • Agentes químicos

Capacetes

  • Impactos causados pela queda de objetos ou do próprio trabalhador

 

Como proteger com qualidade?

Não dá para falar em segurança, sem falar de qualidade. Principalmente quando o assunto envolve vários critérios importantes de avaliação e que devem ser levados em conta, no momento da escolha dos EPIs, como:

  • Resistência
  • Durabilidade
  • Confiabilidade

Por isso, é importante não levar em consideração apenas os custos, mas sim, a procedência, o conforto, a validade dos equipamentos, dando preferência àqueles que tenham o certificado de aprovação (CA), o que significa que passaram nos testes das autoridades competentes.

Investir e EPIs de qualidade é assegurar o bem de quem trabalha em diferentes ambientes da indústria metalmecânica. Quer descobrir qual EPI DuPont é o ideal para a sua atividade? Acesse https://www.safespec.dupont.com.br/

Posts relacionados:

Dicas

Máscaras de solda: saiba sua importância para o trabalhador e como escolher o modelo ideal

O trabalho com solda elétrica exige uma habilidade técnica específica para operar o dínamo, principal máquina utilizada no processo. Esse dispositivo libera uma corrente elétrica contínua, que serve para a junção (soldadura) de duas peças metálicas. Por conta do risco durante a operação, é fundamental que o soldador esteja com os EPIs corretos, entre eles, as […]

Leia mais
Dicas

Fique de olho: escolher os óculos de proteção correto é essencial para a sua saúde

Não dá para negar: quando o assunto é trabalhar com materiais de risco, somos extremamente dependentes da visão. É por isso que os óculos de proteção são essenciais. Eles são versáteis, atendem a diferentes públicos e protegem contra impactos, respingos, luminosidade e muito mais. Na hora de escolher, é importante entender qual é a necessidade […]

Leia mais

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do utilizador e para analisar o desempenho e o tráfego no nosso website. Nós também compartilhamos informações sobre o seu uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise.