EPIs

Atenção, tripulação: descobrimos os melhores EPIs para a decolagem!

O uso de EPIs se faz necessário em muitas áreas de atuação, inclusive na aviação. Porque, trabalhar nos ares, vai além de voar, usar cintos ou ter um treinamento adequado. Cada vertente da aviação tem suas exigências, seus equipamentos certos e suas orientações de segurança.

Pensando nisso, dividimos o post de hoje em quatro etapas. Em cada uma delas vamos falar sobre algumas áreas de atuação da aviação e quais EPIs são necessários para que o trabalho seja executado de maneira absolutamente segura.

Equipamentos de assistência do avião

Assim como proteger os passageiros é importante, garantir a segurança do próprio avião também é essencial. Para isso, são usados alguns EPIs como: cones de sinalização, calço de avião comercial, escada rebocada, extintores e geradores, por exemplo.

Acessórios para os pilotos de voos comerciais

Estes acessórios são essenciais para que o trajeto seja seguro e tranquilo. Dessa forma, percalços e acidentes aéreos têm menos chances de acontecer. São eles:

  • Computador de voo: para realizar cálculos, analisar vento, altura etc.;
  • Régua de navegação: ideal para que o piloto e copiloto consigam medir de maneira segura da carta de voo;
  • GPS: fundamental para guiar toda a viagem e saber exatamente qual a posição do avião;
  • Fones de ouvido: necessários para proteger os ouvidos e manter a comunicação da tripulação.

TASA (Transporte Aéreo, Suprimento e Serviços Especiais de Aviação) 

Para os funcionários dessas atividades, os EPIs necessários são: protetor auditivo, dispositivo de proteção ocular e outros equipamentos designados por lei. Vale salientar que a companhia aérea é responsável pelo treinamento dos funcionários, mas é responsabilidade da tripulação usar corretamente cada EPI.

Operações de Helicóptero

Assim como os pilotos de aviões comerciais, profissionais que atuam em helicópteros também precisam de EPIs para trabalhar com segurança. Por isso, nessa rotina, os equipamentos necessários são: mosquetão, cinto de segurança, faca operacional, fita de ancoragem e demais equipamentos definidos por lei.

Neste cenário, os EPIs da DuPont ganham destaque

Para as pessoas que trabalham do lado de fora do avião e mexem com monitoração de veículos de transporte de carga, cabos, objetos cortantes e bagagens frágeis, por exemplo, as luvas DuPont™ Kevlar® são ideais.

Já para os profissionais das atividades que envolvam eletricidade, as luvas e os macacões DuPont™ Nomex® não podem faltar. Afinal, eles lidam com o atrito do ar que acontece por meio das turbinas e da variação de temperatura da aeronave.

Clique aqui e saiba o que levar em conta na hora de escolher um EPI.

Existe um EPI para cada necessidade de segurança e aqui na DuPont você encontra todos eles. Acesse SafeSPEC™  e procure o ideal para o seu ramo de atividade.

Posts relacionados:

avião
EPIs Segurança do Trabalho

Pronto para decolar? Saiba como é montado um avião e como se manter protegido

A história do avião remonta nossa própria trajetória de curiosidade e o poder da tentativa e erro. Como foi possível tamanha coragem em enfrentar o desconhecido e mergulhar fundo no sonho de fazer o homem voar?  Como surgiu o avião? Antes que sequer fosse pensado em possíveis EPIs para a proteção dos trabalhadores, entre 1897 […]

Leia mais

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do utilizador e para analisar o desempenho e o tráfego no nosso website. Nós também compartilhamos informações sobre o seu uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise.