Dia a Dia

Um chamado decisivo: os desafios dos socorristas para salvar vidas

O dia a dia dos socorristas sempre foi repleto de adversidades e adrenalina. E, com a pandemia, essa rotina se tornou muito mais intensa, exigindo esforços e cuidados cada vez maiores.

Além da realidade que já conhecemos dos hospitais durante o enfrentamento à Covid-19, uma pandemia nessa escala requer a contratação de mais profissionais para atendimento pré-hospitalar. E todos eles têm uma característica em comum: coragem.

A atuação dos socorristas para vencer desafios diário

Saber que estão expostos, em contato direto com pacientes infectados, colocando a própria saúde em risco e assistindo a tantas pessoas em situações emergenciais é o que faz com que esses profissionais se tornem verdadeiros heróis.
Afinal, socorristas são os primeiros responsáveis a contribuir com o bem mais valioso que existe: a vida. 
Sabemos que, durante o processo de encaminhamento ao hospital, o pronto-atendimento e agilidade nos primeiros socorros podem ser decisivos para o paciente. E a DuPont nunca deixaria que os nossos heróis enfrentassem sozinhos esse cenário.

Garantindo a segurança dos socorristas durante uma rotina desafiadora

Para que esses profissionais possam desempenhar sua função de maneira ideal, eles precisam ter em mãos os materiais certos. Isso significa tudo aquilo que possa auxiliar um primeiro atendimento, como equipamentos de reanimação, administração de oxigênio e imobilização.

Mas, por mais grave que seja a situação do paciente, há outras vidas que também estão em jogo: a dos próprios socorristas. 

Por isso, o uso dos EPIs adequados é extremamente necessário para quem atua com atendimento pré-hospitalar, como por exemplo:

  • Máscara: fundamental contra a Covid-19, a máscara desses profissionais deve ser composta de um material altamente tecnológico e resistente, já que eles também podem estar expostos a outros perigos. Além disso, a máscara precisa ser respirável e confortável, já que os socorristas precisam fazer uso dela durante muitas horas seguidas.
  • Luvas: além de garantir que as mãos dos profissionais não estejam em contato direto com o paciente infectado, o uso de luvas corretas também diminui muito as chances de acidentes durante o atendimento. Objetos cortantes, como tesouras, são muito utilizados em primeiros socorros, então é importante escolher uma luva com qualidade certificada. Conheça luvas adequadas para trabalhadores essenciais durante a pandemia.
  • Macacão: para não ficarem expostos a riscos químicos, biológicos e possíveis infecções, os socorristas precisam de vestimentas que garantam uma barreira de proteção entre o corpo deles e tudo que está acontecendo ao redor. Saiba como #TyvekTogether tem atuado na luta contra a Covid-19.

Acesse o SafeSPEC™ e conheça essas e muitas outras soluções da DuPont para proteger os profissionais que dedicam suas vidas a cuidar da nossa.

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do utilizador e para analisar o desempenho e o tráfego no nosso website. Nós também compartilhamos informações sobre o seu uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise.