Dicas

4 mitos e verdades sobre a indústria petroquímica

Não é de hoje que a indústria petroquímica nos traz questionamentos sobre sua atuação e o impacto que causa na sociedade. Gerando milhões de empregos na América Latina, o setor se destaca na geração de riquezas, fornecendo energia e quase todos os materiais que utilizamos no dia a dia, como o plástico, combustível e o asfalto.

Desde a extração do petróleo, até a produção dos materiais finais, seus frutos estão presentes em nossas vidas. Por isso, é muito importante que a forma como é extraído, esteja de acordo com as boas práticas de cuidado ao meio ambiente.

E para você, que entende a importância da indústria petroquímica e gostaria de saber um pouco mais sobre ela, trouxemos alguns mitos e verdades que são muito difundidos sobre o assunto:

“O processo de transformação do petróleo em produto final é simples.”

Mito. Quando o petróleo é extraído do solo, diversas impurezas ainda estão presentes em sua composição. Eliminar esses intrusos invisíveis e separar as frações em famílias distintas de hidrocarbonetos pode incluir mais de 45 etapas.

A destilação a vácuo e o craqueamento térmico são alguns exemplos de processos utilizados para obter materiais diferentes a partir do petróleo.

“O petróleo pode ser extraído em estado sólido, líquido e gasoso.”

Verdade! Embora a indústria petroquímica geralmente encontre o petróleo em sua forma líquida, sua constituição de hidrocarbonetos é bem diversa.
Ele pode se mostrar na forma gasosa, através do gás natural; líquida, em óleo; e na forma sólida, que é o xisto.

“A indústria petroquímica causa grande impacto no meio ambiente.”

É verdade. Os riscos da extração do petróleo vão além dos óbvios, como a poluição do ar e dejetos plásticos na natureza. A contaminação de rios e do solo, e a geração de resíduos tóxicos também precisa ser refreada e combatida.

Em 2019, por exemplo, o vazamento de óleo no litoral brasileiro trouxe milhões de reais em prejuízo para as comunidades locais e anos para que o ambiente se recupere do desastre.

Quer saber mais sobre a extração do petróleo e como evitar riscos? Vem com a gente!

“A principal aplicação para o petróleo é a produção de combustível e de plástico.”

Mito. A extração de petróleo separa, através das suas etapas, diversos tipos de materiais, como:

  • Amoníaco, obtido a partir do gás natural. Tem como principais aplicações a composição de fertilizantes, fibras, plásticos e produtos de limpeza;
  • Negro de fumo, que é material usado para reforçar borrachas e pneus;
  • Fibras sintéticas de paraxileno e ciclo-hexano;
  • Metanol, etanol e propanol. Usados para centenas de aplicações como tintas, anticongelantes, etc.

Quer saber mais sobre como se manter seguro próximo de derivados do petróleo? Veja como manusear gasolina clicando aqui

Conhece algum outro mito ou verdade sobre a indústria petroquímica? Compartilhe conosco nos comentários e compartilhe esse post com a sua rede de contatos.

Posts relacionados:

Dia a Dia

Extração de Petróleo | Prevenção e Riscos

As plataformas de petróleo são responsáveis atualmente por sustentar um imenso mercado de produtos químicos a serem usados na indústria, na agricultura, na medicina e na vida doméstica. Para que isso aconteça, diariamente milhares de trabalhadores convivem com riscos químicos e derivados da transformação das matérias primas em plataformas de petróleo, sejam por vazamentos ou […]

Leia mais

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do utilizador e para analisar o desempenho e o tráfego no nosso website. Nós também compartilhamos informações sobre o seu uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise.

X