Dia a Dia

O caminho da vacina: etapas de produção que ninguém vê

Muito tem se falado sobre vacina nos últimos tempos e a informação sempre será nossa maior aliada para conscientizar a população em relação à imunização.

A DuPont é parceira oficial do líder brasileiro na produção de vacinas, Instituto Butantan, e tem como missão proteção em primeiro lugar.

Por isso, resolvemos trazer o debate à tona, esclarecer todos os passos da produção de uma vacina e, quem sabe, fazer com que a decisão mais segura seja a escolha de todos.

A composição da vacina

A vacina consiste na aplicação de um antígeno, componente específico que estimula a produção de anticorpos e faz nosso corpo desenvolver uma resposta imune à doença.

Mas, ela não é feita só disso! Conheça os outros componentes que tornam a vacina ainda mais segura:

  • Adjuvantes, que ajudam na ação esperada.
  • Conservantes, para impedir que a vacina seja contaminada depois de aberta.
  • Estabilizantes, para prevenir reações químicas na vacina.

Entenda o processo de desenvolvimento de uma vacina

No total, são quatro etapas: 

  • Pré-clínica: a vacina é testada em animais e assim é validada a capacidade de induzir resposta imune.
  • Fase 1: avaliação em um pequeno grupo de voluntários.
  • Fase 2: realizada com mais de 100 participantes, continua-se avaliando a segurança e a resposta imune.
  • Fase 3: a vacina é administrada em milhares de participantes e comparada com um grupo que não recebeu a vacina, mas apenas um placebo no lugar.

Na fase 3, é determinado se a vacina é eficaz para combater à doença destinada. 

 A produção da vacina em um passo a passo completo

Produção de vacinas

Proteja-se antes de tudo: os EPIs necessários durante a produção da vacina

Como todo processo biotecnológico, é indispensável o uso de EPIs que garantem biossegurança aos envolvidos na produção do imunizante.

  • Vestimentas adequadas: dependendo da atividade realizada, podemos estar falando de um jaleco ou de vestimentas que garantem proteção completa contra riscos químicos e biológicos, como DuPont™ Tyvek® e Tychem®.
  • Máscara: indispensável para proteção durante procedimentos em que são manuseados gases e substâncias tóxicas.
  • Óculos de proteção: contra respingos de materiais biológicos e químicos nos olhos, além de vapores tóxicos.
  • Luvas: a utilização é indispensável antes de qualquer análise que envolva contaminantes, substâncias tóxicas e corrosivas, além de materiais irritantes.

Saiba tudo sobre como evitar acidentes de biossegurança clicando aqui.

Para encontrar a proteção adequada para o seu tipo de atividade, consulte o SafeSPEC™ e conheça todas as opções que a DuPont disponibiliza para a sua segurança.

Depois de descobrir como o processo de produção de uma vacina é extremamente seguro, você não tem mais nada a temer, certo? Na semana que vem, iremos preparar um post incrível sobre os mitos e verdades sobre as vacinas da covid-19 e você não pode perder! Continue ligado no nosso Blog e conte pra gente, nos comentários, o que achou desse tema.

Ah! E se você ainda não se inscreveu no Prêmio DuPont 2021, não perca a chance de marcar esse golaço pela segurança. As inscrições vão só até 29/10, mas você pode fazer a sua agora mesmo, clicando aqui!

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do utilizador e para analisar o desempenho e o tráfego no nosso website. Nós também compartilhamos informações sobre o seu uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise.