EPIs

Hospital sem EPC: entenda por que você nunca deve entrar em um

Já pensou que um EPC, Equipamento de Proteção Coletiva, pode ser tão fundamental para um hospital quanto o uso de EPIs pela equipe médica?

Imagine uma cirurgiã sem luvas de proteção. Além de colocar sua própria saúde em risco, ela estaria expondo o paciente a uma possível contaminação.

Assim como ninguém cogita a hipótese de realizar um procedimento cirúrgico sem a proteção adequada, devemos ter em mente que a implementação de cada EPC é indispensável. 

EPC: como um Equipamento de Proteção Coletiva pode salvar a sua vida?

Sabemos que a rotina de um hospital é intensa. Portanto, tudo que pode ser feito para tornar o ambiente mais seguro deve ser cumprido com máximo cuidado. Você pode conhecer alguns protocolos clicando aqui.

O EPC é um sistema ou dispositivo adotado justamente com essa finalidade: proporcionar segurança a todos que se encontram naquele local.

Ou seja, no caso de um hospital, o objetivo é zelar pela saúde e integridade física dos colaboradores, pacientes, visitantes e fornecedores que frequentam o lugar.

Saiba identificar um EPC dentro de um hospital

Os EPCs estão em todos os lugares: recepção, corredores, salas de exames radiológicos, centros cirúrgicos e até mesmo no laboratório. Agora, vamos conhecer quais são os principais Equipamentos de Proteção Coletiva em um ambiente hospitalar?

  • Placas de sinalização: EPC instalado em áreas que oferecem perigo para orientar e instruir quem frequenta o local.
  • Cones e correntes de segurança: para sinalizar o risco de circular por determinada área ou torná-la restrita.
  • Lava-olhos e chuveiro de emergência: para banhos em caso de acidentes com produtos químicos ou material biológico.
  • Caixa de perfurocortante: usada para descartar resíduos como seringas, agulhas de sutura e bisturis, por exemplo.
  • Sistema de ventilação e exaustão: EPC que elimina vapores, gases e poeiras contaminantes que ficam suspensos no ar e podem provocar doenças respiratórias. 
  • Detectores de fumaça, sprinklers e extintores: dispositivos para indicar a presença de fumaça e ajudar no combate a incêndios. 

EPI e EPC: a proteção combinada ideal

Vale sempre lembrar que o EPC não substitui o EPI e vice-versa, ok?

Juntos, eles proporcionam a segurança necessária individualmente e coletivamente, minimizando riscos, evitando acidentes e reduzindo as chances de contaminação. Saiba mais sobre riscos biológicos e pequenas atitudes diárias que ajudam a evitá-los.

E agora, ficou mais clara a importância de um EPC no contexto hospitalar? Você já tinha pensado sobre isso? Conte para a gente nos comentários e confira todos os produtos da DuPont no SafeSPEC™

E se você deixou o Prêmio DuPont para os 45 do 2° tempo, ainda dá tempo de se inscrever! Clique aqui para enviar seu case e concorra a prêmios incríveis. É só até 14/11, vem! 

Posts relacionados:

EPIs

Segurança do trabalho em hospitais: por que os EPIs são a chave da saúde?

Quando falamos de segurança do trabalho em hospitais, é impossível não pensar em um ambiente limpo, bem dirigido e com profissionais treinados. Dentre todas as condutas ideais para esses espaços, uma das principais delas é o uso dos Equipamentos de Proteção adequados. Desde o início da pandemia da covid-19, inclusive, esse tema vem ganhando espaço […]

Leia mais
Dicas

Infecção hospitalar: dicas de cuidados e EPIs

Há diversos riscos biológicos e Infecção Hospitalar que podem ser encontrados no ambiente hospitalar. O uso e o armazenamento adequados dos EPIs são obrigatórios para todos os profissionais da saúde, pois, mesmo seguindo todas as normas preventivas, não é possível sanar todos os riscos. Além disso, pequenos cuidados diários ajudam a evitar uma série de […]

Leia mais

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do utilizador e para analisar o desempenho e o tráfego no nosso website. Nós também compartilhamos informações sobre o seu uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise.