DuPont EPIs Segurança do Trabalho

2022 chegou! E, com ele, as dicas de controle e organização de EPIs

O controle e organização dos EPIs são tudo na hora de fazer a programação do ano que está começando. Isso para garantir a proteção e segurança dos colaboradores. 

 Para isso, falaremos de temas que são familiares na área, mas que nunca devem ser deixados de lado, como:

  Fichas de EPIs;

  • PT;
  • Controle de EPI;
  • PGR.

 Saiba que eles são imprescindíveis e devem ser levados em conta na hora de se manter um controle e organização de EPIs principalmente nesta época do ano, quando os projetos são colocados em ação.

Fichas de EPIs: as especificações que elas escondem

 A princípio, as regras que elas têm podem parecer muitas. Mas, com as dicas que te daremos a seguir, serão mais práticas e eficazes para o seu dia a dia.

 Dicas necessárias no uso da ficha de EPI

  •     É bom sempre ter tudo documentado sobre o manuseio dos EPIs pelos colaboradores;
  •     A documentação de qualquer necessidade de limpeza ou avaria do EPI também deve ser documentada;
  •     Dessa forma, quando um auditor do Ministério do Trabalho chegar ao local, a empresa poderá comprovar que os colaboradores receberam os equipamentos de segurança essenciais.

 Para lembrar! O que a ficha de EPI deve ter?

  •     Assinatura do colaborador com data de entrega;
  •     Nome do fabricante;
  •     Descrição do produto;
  • Alguns itens que são essenciais para a ficha de EPI.

E quanto se trata de Permissão do Trabalho – PT? Quais as regras que se fazem necessárias para não apresentar problemas futuros?

Conselhos de ouro para a PT ser eficaz

  •     Deixe o PT visível para os supervisores;
  •     Verifique se as recomendações foram atendidas;
  •     Recolha assinaturas dos participantes;
  •     Se ocorrer algo imprevisível, anote o que aconteceu. 

Já com relação à gestão de estoque de EPI, é sempre essencial ter um controle e uma planilha para poder evitar surpresas, como a falta de equipamento.

O que você precisa saber a gestão estoques de EPI

 Para garantir uma boa organização e controle dos estoques, é sempre legal ter uma boa visão sobre os números gerais.

 São eles:

  • O quanto foi gasto com compras;
  • Quanto foi o valor do estoque;
  •  Valor de gasto em consumo;
  • Projeção para compras no futuro.

Além de tudo que foi visto, outro detalhe muito importante é o Programa de Gerenciamento de Riscos ou PGR, que une todas as ações para evitar acidentes dentro do ambiente laboral.

De olho em dois pontos imprescindíveis quando se trata de PGR

Basicamente eles são:

  • Inventário de riscos;
  • Plano de ação.

No inventário de riscos, deve ser levado em conta quais os critérios a empresa usou para avaliar o risco e tomar decisões.

 Já no plano de ação é determinado um cronograma no qual são estipuladas as maneiras de acompanhar os resultados.

 Vamos continuar essa conversa? Dos 4 temas abordados, algum deles você não implementou na sua empresa? Comente pra gente aqui embaixo qual você usa no dia a dia!

 

Posts relacionados:

PT
Dia a Dia

“Permissão de Trabalho”, ou PT: veja porque você sempre precisa de uma!

A Permissão de Trabalho (ou PT) é um documento que deve ser preenchido por profissionais da área de Segurança do Trabalho antes da execução de alguma atividade operacional. A PT tem como objetivo analisar fatores que podem ocasionar acidentes durante a execução dos trabalhos, contendo informações sobre medidas de controle dos fatores de risco. Ela […]

Leia mais

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do utilizador e para analisar o desempenho e o tráfego no nosso website. Nós também compartilhamos informações sobre o seu uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise.