Destaque

Tudo o que ainda não te contaram sobre o gás natural

O gás natural é um combustível fóssil encontrado em reservatórios profundos no subsolo, tanto em campos marítimos quanto em terrestres. Ele pode ser usado para diversas finalidades e em locais diferentes, desde residências e comércios, até mesmo na indústria. 

Mas para que ele chegue até o destino final, existem algumas etapas a percorrer e que precisam ser feitas com segurança e proteção para os profissionais que as executam.

 

Encontrando o gás natural 

Depois de pesquisas, como análise sísmica e modelagem 3D, para localizar as áreas promissoras e analisar os melhores pontos nessa etapa de Exploração, a infraestrutura para retirada desse energético é montada, o que chamamos de Explotação.

Quando o gás natural é localizado nos reservatórios biológicos, ele pode ser encontrado junto com o petróleo, então o chamamos de gás associado, ou em campos onde há apenas o gás, o qual recebe o nome de não-associado.

Na condição de associado, ele está dissolvido no petróleo ou se apresenta como uma “capa” de gás. Por isso, durante a extração, precisa ser separado do óleo, em um processo chamado Produção e Processamento, onde outros elementos que podem contaminá-lo também são removidos.

 

Petroquímica com segurança

A etapa de Beneficiamento ocorre dentro da petroquímica, onde retiram-se as frações pesadas e são produzidos os subprodutos originados através do gás natural. Assim como no percurso do petróleo, as atividades com o gás na plataforma, podem envolver alguns riscos, por isso o uso de EPIs é essencial.

Entre eles, podemos destacar o respirador e os óculos de proteção, para barrar o contato direto do gás com os olhos e as vias respiratórias. As luvas de proteção com certificado para produtos químicos e cortes, também são uma alternativa de segurança nas plataformas.

 

Chegando ao destino

Depois do Beneficiamento, vem a etapa de Transporte, onde o gás é levado através de gasodutos e entregue aos Consumidores Livres ou Distribuidoras de Gás Natural. Eles são responsáveis pela Distribuição do produto para os outros tipos de consumidores: residencial, industrial, geração de energia elétrica e postos de gasolina (com o GNV – Gás Natural Veicular).

Nas residências e comércios, o gás natural pode ser usado para aquecer ambientes e a água. Já nas indústrias é usado como combustível para fornecimento de calor, geração de eletricidade e de força motriz, e ainda como matéria-prima nos setores químico, petroquímico e de fertilizantes.

O caminho do gás natural até o consumidor final possui muitos processos que envolvem riscos para os profissionais. Por isso, é sempre importante verificar qual o EPI mais adequado para cada etapa. Na SafeSPEC, você encontra toda proteção necessária para o setor de petróleo e gás nas etapas que explicamos aqui.
infográfico

Posts relacionados:

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do utilizador e para analisar o desempenho e o tráfego no nosso website. Nós também compartilhamos informações sobre o seu uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise.